Justiça decreta o desbanimento de jogador no Habbo

Escrito por Leotoddy em 06/10/2017 09:21 na categoria Sulake

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu ontem, 5, que a Sulake retire em até 15 dias o bloqueio a um jogador da comunidade luso-brasileira. Além do desbloqueio, a empresa também terá de pagar R$6.000 em danos ao jogador, sob multa de R$500 por dia após o vencimento do prazo em caso de descumprimento. A Sulake ainda pode recorrer da decisão.

 

O caso
 
 
 

O jogador procurou a justiça após ter seu avatar banido do jogo em dezembro de 2016 e relatar que tal fato ocorreu sem motivação. Na época, a moderação do Habbo ainda era operado por humanos e também pela inteligência artificial que trabalhavam de forma coexistente.

O processo foi aberto aberto em maio de 2017, após o jogador buscar inúmeros contatos com o Habbo e não obter retorno. Uma audiência de conciliação foi marcada no último dia 30 de agosto, mas nenhum representante da Sulake compareceu. O juíz presumiu então, que a omissão da Sulake torna todos os fatos narrados pelo reclamado verdadeiros.

Na sentença, o juiz levou em consideração o valor afetivo do Habbo na vida do jogador, como resume abaixo:

"O Requerente é cliente virtual da Requerida que fornece o jogo Habbo Hotel, sendo jogador desde 15/04/2006, ou seja, à 11 (onze) anos. Por ser uma pessoa tímida, com dificuldades para se relacionar, sem vida social, utilizava se diariamente desse jogo para se divertir. Há 11 (onze) anos, o Requerente acessava diariamente os jogos virtuais, quando para sua surpresa, sem nenhum motivo, ou prévia justificativa, em um dos seus acessos percebeu que seu perfil estava definitivamente banido, e todos seus créditos ganhados durante anos nos jogos estavam bloqueados. Devido ao ocorrido, o autor enviou para Requerida inúmeros e-mails, solicitando explicações e suplicando seu retorno aos jogos, porém não obteve êxito, simplesmente foi ignorado."

Além disso, é citado na sentença que o jogador perdeu cerca de 48 mil moedas com bloqueio.

Não se saiba ainda a posição da Sulake sobre o assunto, nem se a empresa foi notificada da decisão, mas até o momento o personagem do jogador continua banido no Habbo BR/PT.

Clique aqui para ler a íntegra da sentença.


voltar
Nome: