Estatísticas Habbo 2017

Escrito por Leotoddy em 02/01/2018 14:15 na categoria Pesquisas de Habbolatório

Encerrou-se 2017, o décimo e primeiro ano de existência do Habbo BR/PT. O período que agora é passado, revela-nos números que somente agora podem ser analisados e assim, somos capazes de mensurar o que 2017 significou para o Habbo. São números que refletem um pouco daquilo que vemos no dia a dia do jogo.

O levantamento a seguir leva em consideração as quantidades de usuários, quartos e grupos cadastrados na comunidade luso-brasileira da Sulake, baseando-se na Hora Legal Brasileira, a mesma a qual está configurada a cliente do Hotel.

 

 
 

O número de usuários cadastrados no jogo caiu novamente - pela sexta vez consecutiva. No entanto, um pouco menor se comparado com o do ano anterior, quando registrou decréscimo de 55%.

 

Apesar da queda, o jogo se mostra estar caminhando para a estabilidade.

 

 
 

A venda de grupos também caiu, mas foi desacelerada em relação ao ano anterior, quando registrou uma queda próxima dos 50%.

 

Ao todo, os usuários gastaram 340.070 moedas na compra de grupos em 2017. Este total refere-se apenas a venda de grupos, não de fóruns ou Habbo Club, que é um pré-requisito para compra de grupos.

 

 
 

O número de quartos criados, em grande parte, está diretamente relacionado ao de usuários criados, uma vez que para cada novo e-mail registrado no Habbo, o personagem ganha o quarto "Central". Assim, se menos usuários se cadastram, menos quartos são criados.

Se compararmos o número de usuários cadastrados e quartos criados é possível também que os usuários mais antigos criaram menos quartos, o que pode estar relacionado com menores quantidades de usuários ativos.

 

 
 

A partir desses números somos capazes de observar com maior precisão o nível de atividade dentro da comunidade. Quedas significativas podem indicar um jogo mais desinteressante, onde os jogadores estão dispostas a gastar menos tempo no Hotel. Porém, isso não indica ainda que o Habbo é um jogo desinteressante, apenas saiu de seu auge. Por outro lado, os números mostram que o Habbo.com.br ainda é uma comunidade grande e a maior da Sulake.

O serviço que mede a audiência na internet Alexa, mostra que a versão brasileira do Habbo está entre os 2000 sites mais acessados do país, mantendo-se assim em patamares similares ao mesmo período do ano passado e indicando uma possível estabilização. O mesmo serviço informa ainda que a comunidade angolana cresceu mais de 30% nas últimas semanas. 
Será o Habbo conquistando novos horizontes? Veremos isso melhor em 2019.


voltar
Nome: