Despedida: Jornalismo

Escrito por enjoadosdasul em 20/09/2018 23:02 na categoria Notícias Habbid

No decorrer desses 12 anos, cerca de 14 mil notícias sobre temas variados foram publicadas na Habbid, essas por promotores de eventos, valoristas, cartunistas, administradores, supervisores, gerentes, locutores entre outros. Mas o cargo que mais publicou notícias na Habbid em toda sua existência sem sombra de dúvidas foi o de jornalista, responsável por informar os usuários sobre tudo que acontecia dentro e fora do Habbo Hotel.

Estamos encerrando nossas atividades, e tudo aqui publicado, talvez seja apagado pra sempre, isso é realmente injusto. Contando que a Habbid tem um dos maiores acervos com a história completa de todo o Habbo Hotel, isso, desde seu início como Mobiles Disco. Os jornalistas e repórteres sempre trouxeram novidades em primeira mão e abordaram temas polêmicos em reportagens, muitas traziam usuários do Habbo Hotel inteiro para discutir sobre determinado tema. E hoje, vamos decifrar e conhecer a história do Habbo Hotel, por meio de uma viagem ao tempo com notícias marcantes e reportagens com temáticas importantes e polêmicas.

 

12 anos de muita informação...



Em 12 anos de história, a Habbid documentou em seu banco de dados notícias sobre novas mobílias, emblemas, códigos, colantes e efeitos, entrada e saída de membros do staff emblemas gratuitos disponibilizados para usuários em comunidades no mundo todo — sim, a Habbid publicava sobre emblemas grátis em todas as comunidades do Habbo — e afins. Este último item é um incomúm para alguns, portanto, tire sua própria conclusão.

 Emblema Cibleck gratuito no Habbo francês - Por: brunovskeh (08/03/2011)

Também haviam as grandes polêmicas, onde usuários de todo o Habbo Hotel acessavam a Habbid só para entender algo que estava acontecendo ou estaria por vir dentro do Habbo Hotel. Afinal, a Habbid sempre possuiu fontes exclusivas e ferramentas que jornalistas de outros fã sites nos ofereciam centenas de câmbios e até dinheiro real para ter acesso. Mas falando de "bafafá", a Habbid noticiou em primeira mão, um processo de ex-moderadores contra a Sulake, você sabia?

 EXCLUSIVO: Ex-moderadores processam a SULAKE - Por: :Thaiane (08/10/2017)

Ah, os inevitáveis furos de reportagem, eram aquelas notícias que todo mundo criava uma expectativa e no momento em que a novidade chegaria, ou, deveria chegar... TUDO era totalmente ao contrário do previsto. Isso aconteceu quando o Habbo Hotel preparou um grande evento com um Marketing exagerado, anunciando que uma grande novidade estaria por vir. De acordo com códigos e longas pesquisas da equipe de jornalismo, foi pensado que receberíamos uma nova versão do Hotel semelhante à antigavisto que, o jogo estava ficando ultrapassado e usuários pediam melhorias baseadas nas antigas funcionalidades do jogo. Na hora que a novidade foi divulgada, fomos surpreendidos. O que chegaria no jogo era a sua primeira versão Mobile!

 04/04/2014: Amanhã - Por: enjoadosdasul (03/04/2014)

A Habbid está se despedindo de vocês, mas já passamos por outras despedidas anteriormente, quem não se lembra da dolorida despedida dos antigos gerentes do Habbo Hotel? 4Queijos, Disco-Lee e MissFurby deixaram o jogo em 2012, dali em diante, um grande público foi se afastando da comunidade e o Habbo Hotel foi se encaminhando para a fase na qual está atualmente. Para alguns, foi o estopim para o início da decadência do jogo.

 O fim da gerência no Habbo Hotel BR/PT - Por: Moreno-Bombom (16/02/2012) 

Acompanhamos passo-a-passo o desenvolvimento do Habbo Hotel não só como instituição, mas seguimos a sua expansão global. No ano de 2012, a Sulake investiu, e, levou o Habbo Hotel para Turquia, como sempre, a Habbid esteve lá!

 Habbo Turco está aberto - Por: Trytios (08/08/2012)

 

Notícias também são lembranças...



Falamos dois antigos membros da equipe Habbid, pedimos para que elegessem uma notícia na qual eles se lembram até os dias de hoje, algo que nunca se esqueceram, seja por ter sido algo impactante ou por qualquer outro tipo de reação vindo dos mesmos.

.marcus.: O adeus de Annie - Por: Thaiane;
GILMAR0721: HabbOscar 2009 - Por: Zanke;

 

Referência jornalística...



A Habbid foi por anos, e, continuamos sendo até os dias de hoje uma referência no quesito informações verídicas e exclusivas publicadas antes sempre de todos os outros fã sites, isso sempre gerou discussões entre nós e nossos coleguinhas da concorrência. Quando se torna um jornalista da Habbid, todos os outros seguem você e questionam o porque de tanta eficiência, aí que surge o ranço. Convidamos alguns dos nossos antigos jornalistas para falar sobre essa questão e logo abaixo seguem os depoimentos dos mesmos:

 Yhus (ex-Gerente de Jornalismo): Entrei pra Habbid em 2012, depois de quase três anos como usuário e alguns outros cargos no currículo de pixels. Era o sonho de qualquer membro de fã-sites de Habbo Hotel participar da HD, em especial dos jornalistas, pela grande referência mundial que era o nosso portal de notícias. Durante as minhas passagens pela equipe, sempre tive prazer em acordar 5h ou 6h da manhã, mesmo nas férias, para procurar novidades e escrever notícias – as atualizações saíam no fuso-horário da Espanha, então, quem acordava tarde, perdia a pauta. Precisávamos estar o tempo todo atentos aos servidores da Sulake, e essa era a mágica da HD: o quanto o seu propósito conseguia mover pessoas, simplesmente pela satisfação em ajudar a informar. Éramos 60, 70, ou 80 jovens de 13 a 15 anos trabalhando duro, igual gente grande, e eu não me arrependo nem um pouco disso. Tenho orgulho de todas as notícias que escrevi, promoções que planejei, emblemas que desenhei (sim, eu também fui pixel artista!), reportagens que postei e amigos que fiz. Tenho orgulho de ter sido gerente do site, de ter criado uma área e de ter ensinado e aprendido tanto na HD. Vou sentir saudades, mas, acima de tudo, sinto-me realizado. A Habbid estará para sempre nos nossos corações.

 joaoguarana (ex-Administrador e Gerente de Jornalismo): A Habbid sempre foi pioneira no ramo de jornalismo do Habbo... era muito bom passar horas analisando os códigos do jogo em busca de novidades. E quando encontrava algo, era festa, a famosa exclusividade. Me lembro da correria em acordar cedo para ser o primeiro a noticiar os emblemas hospedados do dia (que depois de uns tempos passaram a ser muitos)... cada nova versão do Habbo era um pulo de alegria, pena que parou na 63. Me sinto grato e sortudo por ter entrado bem cedo no Jornalismo da HD e ter me desenvolvido lá, tanto na parte da gramática, tanto na comunicação. O processo de ter que escrever um texto diferente para o mesmo assunto todos os dias (amém emblemas) estimulava a nossa criatividade e esse é mais um ponto do que o jornalismo habbal proporciona aos seus jornalistas. Uma das partes mais legais de fazer uma notícia que envolvia print do Habbo era chegar no quarto, falar Habbid <3 e um monte de gente começar a floodar para aparecer na notícia. Isso era um reflexo de como o jornalismo da HD incluenciava diretamente no jogo, positivamente, claro. Fico feliz por ter sido um jornalista e também gerente da área por uns meses (talvez muitos meses). E por mais que com o tempo eu tenha me aprofundado em outras áreas, o Jornalismo sempre será a minha preferida. <3 

 :Thaiane (ex-Administradora e Gerente de Jornalismo): Uma das coisas que transformou a Habbid no que ela era – um ícone em vários sentidos - foi a grande dedicação e profissionalismo que se criou dentro da cultura da equipe. Se a Rádio da HD algum dia foi o coração do site, o Conteúdo com certeza foi o cérebro. Se nós fôssemos fazer um ‘trabalho’ em uma área, o objetivo era fazer com que esse trabalho estivesse no nível mais alto, no “padrão Habbid de qualidade”, como era costume dizer. Então quando se fala de Jornalismo, para a gente que começou na área, essa sempre foi uma premissa: o profissionalismo tinha que estar presente em tudo que compõe a notícia, desde sua formatação (uso de cores, padrões de negritos e, principalmente, gramática) até à excelência que o jornalista tinha que ter produzindo seu texto. Acho que nem todos hoje se lembram, mas isso que fez o Jornalismo ser uma das áreas mais difíceis de se entrar, se não a mais difícil, junto com a Moderação.

Como levamos esse padrão de qualidade muito a sério desde sempre, o Jornalismo da Habbid se transformou numa inspiração para vários e vários veículos sobre Habbo e, sem dúvidas, era um dos mais respeitados. Se você estava em algum fã site na época de maior alcance do Habbo, especialmente nos incríveis Café Dourado e iBobba, máquinas de jornalismo, com certeza sabia que a meta era e sempre foi bater a Habbid, principalmente em postar exclusividades. Se a Habbid não havia postado a novidade “x” ainda, então vários outros não postariam, porque ainda não era confiável. Se a Habbid havia postado e alguém acreditasse que estava errado, ninguém tinha credibilidade o suficiente para desmentir, porque não sei quantos mil outros leitores já haviam lido a notícia e confiavam veementemente, legitimando-a (foi assim que muitos caíram em trolls).

Não bastasse a monstruosa popularidade, o Jornalismo da HD foi além: com as reportagens e os artigos de opinião, trazidos desde a época de administradores antigos até sua reformulação com Yhus, Youn, eu e o João, nos certificamos de que o conteúdo do Jornalismo fosse além da publicação de novidades, mas que também criasse seu próprio conteúdo sobre Habbo e o fizesse ser respeitado. As reportagens ilustraram muito da história de nossa comunidade, dando atenção não somente aos “anos de ouro”, mas também de pontos de vistas relativamente recentes (convenhamos, ninguém mais aguentava falar de Habbo antigo). Há anos, infelizmente ou felizmente, isso só existia na Habbid.

Com os artigos de opinião não foi diferente. Dando credibilidade a quem devia ter, nós criticamos e defendemos o que os usuários mais precisavam, muitas vezes causando um verdadeiro alvoroço no jogo que só a Habbid poderia fazer (um beijo para os RPGs, foi um prazer botá-los no mapa novamente). Prestamos um serviço à comunidade, nos tornamos a voz do jogador, mesmo tendo que dar a cara às tapas. Pessoalmente, esse foi um dos esforços do qual mais me orgulho de ter feito por aqui, e agradeço a administradores como a Thali, que foi a primeira quem me deu autorização para falar em nome do site em artigos do tipo.

A lembrança que eu gostaria que ficasse do Jornalismo da Habbid é a de que grandes pessoas o fizeram ser uma das áreas mais incríveis dedicadas ao Habbo. Gostaria que todos que acordavam cedo e faltavam aula só pra postar notícia fossem eternizados por suas palavras, pois muitas vezes, além de nos representar, eles gravaram para sempre a história que todos nós da comunidade construímos dentro desse Hotel de pixels. 

Crianças e adolescentes, brincando, fizeram um trabalho sério e muito mais do que respeitável, coisa que muitos adultos formados hoje não conseguem fazer. Nesses 12 anos, olhando para trás, agora percebo mais do que nunca do quanto valeu a pena. E isso dura para sempre. <3

 

 

 

Os que fizeram acontecer...



Em todos esses anos, centenas de pessoas passaram pela equipe de jornalismo da Habbid, e eu — enjoadosdasul — como atual Gerente de Jornalismo, e o último a passar pelo cargo, quis fazer algo especial, além de lembrar só daqueles que marcaram minha memória ou coisa do tipo. Quis lembrar todos aqueles que passaram pelo jornalismo aqui na Habbid. E segue a lista.

PuroHabbid - Moreno-Bombom - Fabiana1 - :Carl: - Piterpa - Caco6 - Propt - Ruzza - danielcg96 - Obsessivo - Algarismos - Banido.Habbo - Certo! - Nuno-Mc - Biel.M - Gatox-13 - Furuko - Prof.Quirinus-BAN - Leav - Pablow! - LigiaFamosa - SrKymera - Poia576 - hernriqmmm - Shocolaty - Total, - ,Joaoo - Dj.Edgar@ban - Angus.McLAren - Ludacris14 - -=-Paim-rpg-=- - Renatiiinh@ - Mr.Luke123 - Tih - -Rask - Desamado - .lMarcos- - XxGuiuhxX - .:Ander.Caat:. - Zanke - .Sacerdote. - Floppis - Lerrant - .:.patylady.:. - Superwil - Lestrade - AllPer - -Tidus- TV3D - .thali - Amarilis - Ruanvitor32 - Fofokada - Lukinhas721 - yuku - Gabinhofelho - Brunovskeh - -Mac - celtek - -Mariposa - Sven - Wookey - Styam - EdwardCullen! - ..erick - -OscarHabbiano - ,Desativaado. - Trytios - Punt - Redativo - yaghotp - MOCZ - Pepef200 - Booa. - Ginga - !Luucas. - Saboreando - :Maz - Flitiwick - Yhus - Piazzolla - Reivindicado - -Skating - Stenport - quimicoX - Renato_Moura - Zeppo - G@briel:7 - Gelleguinho - Lyud - enjoadosdasul - Ex-Mc.allan88 - playstation-5 - Peterwilss111 - gabi-only - Cheaply - :-Fuzzy-: - joaoguarana - -Guiguijack - timao.lucao123 - Paponicos - Kappuccino - :Thaiane - Creuds - Leotoddy - :.Vini.:!! - Lyud - SuperGrandChase2 - ,feerg - lanusso - Scairon - :dO=Rafael=Ob: - Scrapou - Joies - ::Bizus - LindinholBR - ,Dowglas - Feshar - mcfutba - Feshar - Rob.Cuffe - Keydness - --Luciano_ - x@=camile=@x - Sr.SkateSan - -Kopesh -  Lhamatorrinco - Erik5257 - Cokey 

Vocês fizeram parte disso. 

Representando todos os jornalistas da história da Habbid, eu, enjoadosdasul encerro esse ciclo agredecendo o trabalho prestado por cada um, por cada notícia criada. Isso tudo culminou no conteúdo no qual temos hoje, deu a Habbid o título de melhor fã site e melhores áreas por conteúdo durante anos. Vocês são sensacionais em tudo que fizeram, tanto na qualidade, quanto na vontade. Muito obrigado e sucesso em suas vidas,jamais se esqueçam da família Habbid!

E, sem deixar de agradecer nossos atuais jornalistas, muito obrigado!
-Kopesh - Rob.Cuffe - Sr.SkateSan - Cokey - Leotoddy


voltar
Nome: